O país está em crise, eu não!

Qualquer motivo que faça cogitar a hipótese de gastar um real que seja, logo se ouve "é a crise" e a minha pergunta é, até quando? Pensando com os meu botões eu me pergunto se essa crise realmente existe ou pode ser um fato psicológico, porque se observarmos a crise já existe tem um tempo mas não financeira e sim de caráter. Soa até irônico colocar a culpa na crise pela falta de dinheiro mas sempre que abrimos uma rede social, por exemplo, tem alguém viajando ou fazendo algo diferente, motivo suficiente para concluirmos que esse alguém rasga dinheiro e a crise é só balela. Sabemos que as pessoas trabalham de formas diferentes e pode ser que esse alguém ralou e guardou seu dinheiro (suado e sofrido) para realizar essa viagem, mas para os olhos de fora pode não ser essa a impressão. Fato é que estamos sujeitos a muitos rótulos tipo o da "crise" que vivemos hoje que na real parece mais uma preocupação injetada pela mídia para ofuscar as manchetes horríveis que a política é protagonista. Enquanto nos preocupamos com a crise, as contas no exterior engordam dia a dia e a culpa é de quem?


Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário