Três filmes de musicais para assistir e cantarolar por ai



Filmes Musicais, nem sempre são  tão simpáticos ao grande público, por conta da cantoria, ou até mesmo do quanto cansativo possa ser, mas uma coisa não podemos negar, na grande maioria eles se tornam grandes clássicos do cinema que entra ano sai ano, e ainda é uma ótima opção de filme.
Pensando nisso, reuni três musicais que eu gosto muito e acho válido compartilhar para quem ainda não conhece e pra você que já viu, dar uma play novamente.

O Fantasma da Ópera


Com certeza você já ouviu falar desta obra, escrito pelo Francês Gaston Leroux em 23 de setembro de 1909 a 8 de janeiro de 1910, com a temática da Opera e horror, o fantasma da ópera já teve inúmeras adaptações entre o teatro, música e cinema, este filme que indiquei foi lançado em 2004, e conta os atores Gerard Butler, como Erik (O fantasma) e a atriz Emmy Rossum, como Christine Daaé, a bela dama e eterno amor do fantasma da ópera, direção de Joel Schumacher. O filme mistura, ópera, romance, trágedia e muito glamour da época.


Across the Universe


Já pensou pegar os maiores sucessos dos Beatles e transformar em filme? Pois então, aqui temos o Across the Universe, lançado em  2007 e  dirigido por Julie Taymor. O filme retrata os anos 1960, com suas lutas, guerras e paixões, ambientando toda uma época com as  da músicas dos Beatles. O elenco tem jovens talentos que interpretam e cantam, como  Jim Sturgess, a americana Evan Rachel Wood e  Joe Anderson, o filme também conta com algumas participações especiais de Bono do U2, Joe Cocker e Salma Hayek. Toda a trama é uma viagem ao próprio sentimento de cada música, ao surreal com o pé no chão de encher os olhos e alimentar os ouvidos.


Sweeney Todd


Sou muito suspeito para falar de Tim Burton e Johnny Depp, ainda mais quando estão em um trabalho juntos, mas vamos lá. É um filme Lançado em 2007, dos gêneros musical, suspense e terror, dirigido por Tim Burton, com roteiro adaptado de um musical da Broadway, cujas letras e música foram escritas por Stephen Sondheim e o libreto por Hugh Wheeler. Cidade cinza, filme de época, figurino e fotografia impecável, Sweeney Todd, impressiona de uma forma sem igual, a começar pelas atuações que são fortes  e memoráveis, a sede de vingança, misturada com o amor de um homem injustiçado e sem falar no amor jovem e puro que embala a trama. Sangue, humor negro, muita cantoria e claro Johnny Depp, Helena Bonham Carter.


Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Confesso que antes eu não gostava de musicais, o primeiro musical que assisti foi Dançando no escuro com a Björk e foi algo meio tenso para a primeira experiência rsrs. amo a música dela com Thom Yorke nesse filme. Deixei o preconceito de lado e passei a admirar musicais, meu preferido é Os Miseráveis. dos filmes mencionados no post gosto muito de Across the Universe e Sweeney Todd. Ainda não assisti O fantasma da opera, acredita? Ps: Adorei o blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, fico muito feliz que tenha gostado do blog ;) visitei o seu mas não achei o ícone para comentar também. Sobre os filmes musicais eu posso dizer que a primeiro impacto nem sempre são bem vistos pela maioria das pessoas mas depois vamos nos permitindo a novos gostos. Na verdade acredito que seja assim sempre que conhecemos algo novo né, rs. Volte sempre que quiser!

      Excluir