Dia internacional da dança


Hoje é mais um daqueles dias que o coração aperta para escrever, quando você resolve mexer em uma caixinha chamada: Lembranças. No dia 29 de abril comemoramos o Dia Internacional da Dança e eu não poderia deixar de homenagear a essa arte que tanto me fez diferente.

Olhando as imagens para colocar aqui no post eu revivi momentos incríveis e até mesmo aquele frio na barriga de quando vai entrar em cena, é coisa de outro mundo ou então eu diria que só que vive essa arte sente. Me lembrei também de quando criança o quanto adorava dançar, minha prima sempre me colocava pra dançar É o Tchan e eu na inocência de só querer remexer dançava por horas e me fazia um bem danado. Na adolescência acabei esquecendo e fui desbravar novas experiências e quando penso que não, novamente me deparava com ela novamente. Tinha o hábito de quando me sentir triste ligar o som bem alto e dançar até expulsar toda dor que carregava, o disco do Cansei de Ser Sexy que o diga ein.





Logo em seguida tive meu primeiro contato com a Dança Contemporânea, me fascinei no primeiro momento que a vi, me imaginei no palco fazendo mil acrobacias e dançando várias coreografias mas, óbvio, que a vergonha jamais deixaria com que isso se tornasse realidade, só que não. As amigas que eu fiz na época, e que dançavam também, logo se encarregaram de me incentivar a ir e lá no fundinho eu sabia que era isso que eu queria, então eu fui.

Uma realidade completamente diferente da que eu vivia e isso me fazia querer mais. Tudo era novidade para mim e cada passo que eu aprendia era motivo de alegria e euforia, desde então foram inúmeras experiências e o aprendizado se torna constante. Se você se permitir deixar levar pelo movimento e pelos seus sentimentos, garanto que não haverá explicação para contar. É muito complicado conseguir relatar o que a dança causou na minha vida.








Essa aqui foi a primeira coreografia que dancei em 2009.


Eu sempre vou acreditar que a dança nos escolhe e você permite ela entrar ou não.


E você, já dançou hoje?


Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário