De repente 27

Mais uma primavera que se foi e agora estou a três passos da, que eu acredito ser, melhor idade. Dia nove de junho de dois mil e dezesseis completo mais um ano de vida e pela primeira vez eu sinto que estou vivendo de verdade. É.. acho que agora estou realmente renascendo.

Em todos meus aniversários eu me sentia angustiado e não me sentia bem quando recebia as felicitações. Não me achava digno disso e cada manifestação de carinho eram como agressões. Doía muito, mas lá no fundo a esperança de me tornar alguém melhor já urgia e esse dia chegou.

Eu optei pela minha felicidade, pela intensidade, pela simplicidade dos pequenos atos. Demonstrações que vão além da carne e transbordam nossa alma de alegria e preenche todo vazio que existe no íntimo do nosso interior. Me abri para viver o que poucos vivem, quis conhecer o lado bom de viver as melhores sensações da vida e sentir cada momento.

Agradeço a cada um que, mesmo sem saber, me mostrou e insistiu em mostrar que podemos ser bem melhor do que somos. Saibam que cada abraço que recebi foi retribuído com muito carinho e tiveram muita importância. Hoje eu escolhi ser a melhor opção que esses vinte e sete anos me deu: ser feliz!



Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário