Me rendi a Stranger Things

Dois dias foram o suficiente pra eu conseguir devorar a série mais falada do momento: Stranger Things, produzida pela Netflix. Uma série sensacional, que me deixou sem fôlego e completamente nostálgico, que se passa na década de 1980 e traz várias referências de clássicos como E.T, Hora do Pesadelo entre outros. Sabe aquela sensação de quando você chegava da escola e já ia direto assistir sessão da tarde, é a mesma que você vai ter ao ver cada episódio.

Tudo começa quando um garoto chamado Will desaparece após mais uma partida de RPG com os amigos Mike, Dustin e Lucas, ao mesmo tempo do desaparecimento uma garota chamada Onze foge de um laboratório onde é feita de experimento e cruza o caminho dos garotos. Ela é a peça chave que unirá os quatro na saga para encontrarem o amigo desaparecido.

A série conta com a presença da atriz Winona Ryder que nos surpreende em seu retorno as telas, é de deixar sem ar. A personagem nos traz um olhar para a realidade quando se deixa abalar por coisas estranhas como o próprio título diz. A trilha sonora fica por conta de canções de bandas como The Clash, Joy Division e David Bowie.

Estou completamente encantado e já espero ansiosamente pela segunda temporada, o universo lúdico em paralelo com a ficção científica deixa o enredo ainda mais envolvente e você, com certeza, não vai querer parar enquanto não terminar os oito capítulos.


Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário